segunda-feira, 30 de março de 2009

Quem Sou Eu?


Quem Sou Eu?
Que o Senhor de toda a terra
Se importaria em saber meu nome,
Se importaria em sentir minha dor.
Quem sou eu?
Que a Estrela da manhã
Escolheria iluminar o caminho
Do meu aventureiro coração.

Não por causa de quem sou
Mas pelo que fizeste
Não por causa do que fiz
Mas por causa de quem és.

Eu sou uma flor que vai murchando
E que logo então se esvai
Uma onda no oceano,
Um vapor ao vento.
E ainda escutas quando clamo.
Senhor, me levantas quando caio
E me dizes quem eu sou.
Eu sou teu
Eu sou teu

Quem sou eu?
Para que os olhos que vêem nossos erros
Me olhassem com amor
E me fizessem prosseguir
Quem sou eu?
Para que a voz que acalmou o mar
Ainda busca acalmar
A tempestade que há em mim

Não por causa de quem sou
Mas pelo que fizeste
Não por causa do que fiz
Mas por causa de quem és.


Nenhum comentário: